WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio


Vista aérea de Santaluz



Max Santa Luzia


Laboratório Checap

Drogaria Santana

Adrivana Cunha Hospital de Olhos


Estudante abre mão de parte de herança bilionária por acreditar que não seria feliz: ‘Não fiz nada para receber’

Share Button

Por Uol

Marlene Engelhorn | Foto: Reprodução/Zyri

Estudante de literatura em Viena e descendente dos fundadores da Basf, empresa química multinacional com receita de 78 bilhões de euros, a austríaca Marlene Engelhorn, 30, decidiu que vai rejeitar 90% de uma herança de 4,2 bilhões de euros (equivalente a R$ 21,9 bilhões) por acreditar que a renda pela qual não trabalhou não a faria feliz. A jovem, que faz parte da organização Milionários Pela Humanidade, grupo que defende que os super-ricos sejam “taxados da mesma forma que os trabalhadores”, receberá o dinheiro quando a avó dela, Traudl Engelhorn-Vechiatto, morrer.

Quando o desejo da mulher de 95 anos foi revelado, a herdeira deixou pública a sua intenção. “Quando o anúncio foi feito, eu percebi que não poderia ser realmente feliz. Pensei comigo mesma: Algo está errado”, disse a mulher em entrevista ao jornal austríaco Der Standard. Questionada sobre o que a avó dela pensou quando ela fez o anúncio, a mulher afirmou que a idosa “deu uma liberdade enorme de fazer o que quisesse”. A declaração, considerada “polêmica”, projetou o nome da bilionária na imprensa internacional e fez com que ela concedesse outras entrevistas falando sobre taxar os mais ricos.

“Essa não é uma questão de querer, mas uma questão de justiça. Eu não fiz nada para receber esta herança. Foi pura sorte na loteria do nascimento. Uma coincidência”, afirmou em entrevista ao canal austríaco ORF2. Na ocasião, ela também afirmou que ainda não sabe o que vai fazer com o dinheiro e chamou alguns atos de benevolência anunciados por “super ricos” como “neofeudalismo” disfarçado de caridade, já que eles, mesmo ao se desprenderem das suas riquezas, têm o poder de decidir para onde elas serão enviadas.

“A sociedade não tem que contar com o fato de que os milionários vão ser benevolentes. Troco ideias com outras pessoas, aprendendo o máximo que eu posso para ver o que funciona e o que não funciona. Para mim, o comprometimento com a justiça de impostos é muito importante, porque isso é que determina como a riqueza vai ser distribuída”, disse.

TCU condena Rodrigo Janot, Deltan Dallagnol e procurador a devolver R$ 2,8 milhões aos cofres públicos

Share Button

Por g1

O ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, o ex-procurador Deltan Dallagnol e o procurador João Vicente Romão | Fotos: Marcelo Camargo/Agência Brasil; Danilo M. Yoshioka/Futura Press/Estadão Conteúdo; Reprodução/Tribunal de Contas da União

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu nesta terça-feira (9) condenar o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot, o ex-procurador Deltan Dallagnol e o procurador João Vicente Romão a ressarcir os cofres públicos por dinheiro gasto pela força-tarefa da Lava Jato com diárias e passagens.

O caso é apurado desde 2020 pelo tribunal, e o relatório do ministro Bruno Dantas foi aprovado nesta terça por 4 votos a zero. Outros sete procuradores foram inocentados.

Para Dantas e o subprocurador-geral do Ministério Público de Contas, Lucas Furtado, houve irregularidades nos pagamentos das diárias e das passagens em razão do dano aos cofres públicos. O ressarcimento deverá ser de R$ 2,8 milhões. Cabe recurso da decisão.

Os ministros da Segunda Câmara concluíram que o modelo de força-tarefa adotado pela Lava Jato foi antieconômico, ou seja, causou prejuízo aos cofres públicos ao permitir o pagamento “desproporcional” e “irrestrito” de diárias, passagens e gratificações a procuradores.

Para os ministros, houve, ainda, ofensas ao princípio da impessoalidade, em razão da ausência de critérios técnicos que justificassem a escolha dos procuradores que integrariam a operação, além de o modelo ser benéfico e rentável aos participantes.

Relator do processo, o ministro Bruno Dantas disse que o modelo de força-tarefa instituído pela Lava Jato levou ao pagamento “desmedido” de diárias e sem a “devida fundamentação e análise de alternativas legais e mais econômicas”.

Dantas afirmou que sequer foram avaliadas opções que poderiam ser mais econômicas, como a escolha de procuradores que já atuassem em Curitiba ou a atuação na forma de Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

O ministro disse, ainda, que o modelo de força tarefa é uma prática excepcional, que não deveria ter sido utilizado por sete anos, ocasionando prejuízo aos cofres públicos.

“As circunstâncias indicam uma atuação deliberada de saque aos cofres públicos para benefício privado”, argumentou o relator, que foi acompanhado pelos demais ministros da Segunda Câmara.

Procurados pelo g1, Janot e Dallagnol informaram que vão recorrer. O g1 não conseguiu contato com Romão até a última atualização desta reportagem.

Ministério Público Federal pede cassação do mandato de Luciano Pinheiro, prefeito de Euclides da Cunha

Share Button

Por Bahia Notícias

Luciano Pinheiro, prefeito de Euclides da Cunha | Foto: Reprodução/Calila Notícias

Um parecer do Ministério Público Federal (MPF) na Bahia pede a cassação do mandato do prefeito de Euclides da Cunha, no Nordeste baiano, Luciano Pinheiro (PDT). Segundo o posicionamento do procurador regional eleitoral Fernando Túlio da Silva, Pinheiro é suspeito de abuso de poder político e uso indevido de meios de comunicação nas eleições de 2020. À época, o gestor concorria à reeleição e teria usado de lives, feitas com transmissão simultânea de uma emissora de rádio –Euclides da Cunha FM, 99,1. Para o procurador, as transmissões, “supostamente realizadas para tratar de interesse público” como forma de orientação em relação à pandemia da Covid-19, configuraram extrapolação do permitido e ato de promoção pessoal naquela eleição. Além da cassação do mandato, o procurador requisitou à Justiça que Pinheiro fique inelegível por oito anos.

Idoso é preso suspeito de matar cachorro a golpes de machado na Bahia

Share Button

Por g1 BA

Idoso é preso suspeito de matar cachorro a golpes de machado na Bahia | Foto: Arquivo Pessoal

Um idoso de 68 anos foi preso, no domingo (7), suspeito de matar um cachorro a golpes de machado, na cidade de Serra do Ramalho, no oeste da Bahia. Um vídeo gravado por testemunhas mostrou o momento do crime. 

O caso aconteceu por volta das 17h50, na rua H. Policiais da 38ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) receberam uma denúncia feita por moradores da região e flagraram o suspeito no local.

As imagens gravadas pelos moradores mostram que o idoso comete o crime sozinho. Ele deu vários golpes no animal.

O idoso foi levado para a 24ª Delegacia Territorial (DT) de Bom Jesus da Lapa e deve responder por crime de maus-tratos.

Homem morre após ficar preso em rede de pesca e se afogar em barragem na Bahia

Share Button

Por TV Sudoeste e g1 BA

Foto: Reprodução/TV Sudoeste

Um homem de 41 anos morreu depois de ficar preso em uma rede de pesca e se afogar na Barragem dos Pimentas, na zona rural de Tanque Novo, município da região sudoeste da Bahia. A vítima foi identificada como André Souza de Araújo.

Amigos e familiares disseram que ele havia desaparecido no domingo. O corpo foi encontrado na última segunda-feira (8).

A Polícia Civil informou que foi acionada pelos moradores, que tentaram resgatar o homem, mas não conseguiram. Ele havia saído para pescar, mas se enroscou na rede e afundou na água.

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Guanambi, cidade vizinha. Detalhes sobre velório e sepultamento da vítima não foram divulgados.

Coroinha é esfaqueado dentro de igreja durante missa no interior da Bahia

Share Button

Por TV Bahia e g1 BA

Coroinha é esfaqueado dentro da igreja no interior da Bahia | Foto: Reprodução/TV Bahia

Um adolescente de 15 anos foi esfaqueado dentro de uma igreja, na noite de domingo (7), na cidade de Paripiranga, no norte da Bahia. Não há detalhes sobre o estado de saúde dele. O momento foi registrado por imagens de câmeras de segurança. No vídeo, é possível ver quando o suspeito entra no local e, em seguida, ataca a vítima, que é coroinha na igreja matriz da cidade. O adolescente conseguiu se desvencilhar da arma, mas ao tentar se defender, foi golpeado nas duas mãos. De acordo com a Polícia Civil, o adolescente acompanhava a procissão de entrada na missa, juntamente com o padre, quando foi atacado pelo suspeito. Imagens de câmeras de segurança da igreja foram solicitadas para ajudar na identificação do suspeito, que teria 27 anos. Agentes da 21ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) realizavam uma patrulha na praça, quando o ataque aconteceu. Os PMs foram até a igreja e socorreram o coroinha para uma unidade de saúde do município, onde ele foi atendido. Segundo a PM, o policiamento foi intensificado no local, mas ninguém foi preso até a última atualização desta reportagem. O caso é investigado pela Delegacia Territorial (DT) de Paripiranga.

1 em cada 4 brasileiros não consegue pagar todas as contas do mês, diz CNI

Share Button

Por g1

Foto: Freepik

Inflação, desemprego, renda em queda, juros em alta, orçamento apertado – e contas atrasadas. No Brasil ainda em crise, um em cada quatro brasileiros não consegue pagar todas as contas do mês, segundo pesquisa divulgada nesta segunda-feira (8) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A situação é um pouco melhor para 44% dos brasileiros, que afirmam que conseguem pagar todas as contas – mas que não sobra nada. Nesse cenário, 7 em cada 10 brasileiros não conseguem guardar dinheiro.

A dificuldade em pagar as contas vem mesmo com a redução quase generalizada dos gastos. Seis em cada dez brasileiros dizem ter reduzido suas despesas com lazer, e 58% deixaram de comprar produtos de uso pessoal, como roupas e sapatos.

Para outros grupos, a economia foi mais crítica: 25% disseram ter reduzido ou deixado de comprar remédios, e 19% deixaram de pagar o plano de saúde.

A pesquisa mostrou ainda que 16% chegaram a vender bens para quitar dívidas, e 14% deixaram de pagar ou atrasaram o pagamento do aluguel ou da prestação do imóvel.

Apesar disso, a pesquisa da CNI mostra que expectativa da população é chegar ao fim do ano com um pouco mais de folga nas finanças. Do total de entrevistados, 56% acreditam que, até dezembro, estarão com uma situação econômica pessoal melhor ou muito melhor.

“Ao menos, estamos diante de um cenário de recuperação do mercado de trabalho, com redução do desemprego e aumento do rendimento da população – o que nos dá uma perspectiva de superação, ainda que gradual, dessa série de dificuldades que as famílias estão enfrentando”, afirma em nota o presidente da entidade, Robson Braga de Andrade.

A pesquisa encomendada pela CNI para o Instituto FSB Pesquisa é a segunda realizada no ano com foco na situação econômica e hábitos de consumo da população. Foram entrevistados, presencialmente, 2.008 cidadãos em todas as unidades da federação entre os dias 23 e 26 de julho.

Pesquisa BTG/FSB: Lula mantém liderança, mas Bolsonaro diminui distância

Share Button

Por Bahia Notícias

Imagem: Adriano Machado/Reuters

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém a liderança nas intenções de voto para as eleições de outubro, segundo a pesquisa realizada pela FSB Comunicação por encomenda do banco BTG, divulgada nesta segunda-feira (8). O levantamento mostra também que a distância para o segundo colocado, Jair Bolsonaro (PL) caiu para além da margem de erro.

Lula oscilou 3 pontos para baixo em duas semanas e está com 41%, enquanto Bolsonaro avançou 3 pontos e ficou com 34%. A pesquisa realizou 2.000 entrevistas de 5 a 7 de agosto de 2022. Está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com o número BR-08028/2022. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para um intervalo de confiança de 95%. Custou R$ 128.957,83 e foi paga pelo banco BTG Pactual.

Em seguida, seguem os seguintes candidatos: Ciro Gomes (PDT), com 7%; Simone Tebet (MDB), com 3%; André Janones (Avante), com 2% – o candidato deixou a disputa para apoiar o PT; José Maria Eymael (DC), com 1%; e Pablo Marçal (Pros), também com 1%. Felipe D’Ávila (Novo), Vera Lúcia (PSTU), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP) e Roberto Jefferson (PTB) não pontuaram.

Em um potencial segundo turno, o petista venceria todos os adversários. Lula venceria Bolsonaro por 51% contra 39% do atual presidente. Contra Ciro, o petista venceria por 47% a 32%. No cenário entre o ex-presidente e a senadora Simone Tebet, a diferença é maior: 50% contra 29%.

Promotor de Justiça baiano se torna primeiro professor titular negro da Faculdade de Direito da Ufba: ‘Queria ser o centésimo’

Share Button

Por g1 BA

Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (UFBA) passou a ter o primeiro negro ocupando o cargo de professor titular na instituição | Foto: Arquivo Pessoal

Fundada em 1891, a Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba) passou a ter, na sexta-feira (5), o primeiro negro ocupando o cargo de professor titular na instituição. O feito foi conseguido pelo promotor de Justiça do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e professor de Direito Ambiental da instituição de ensino, Heron Gordilho, aprovado por uma comissão julgadora formada por cinco avaliadores da Bahia e de fora do Brasil, após apresentar um memorial.

A banca foi presidida pelo professor emérito da Ufba, vereador e ex-prefeito de Salvador, Edvaldo Brito. Ele dedicou 50 anos de sua vida à universidade baiana e foi o primeiro homem negro a fazer parte do corpo docente da instituição.

Heron Gordilho destacou que apesar de se sentir orgulhoso por alcançar o cargo, não sente honra pelo fato de ser o primeiro professor titular negro da Faculdade de Direito da Ufba.

“Queria ser o centésimo. Tenho orgulho, sim, de alcançar esse cargo. O último membro do Ministério Público que ocupou esse cargo foi professor Calmon de Passos, como professor catedrático […] A nossa sociedade, mesmo sendo composta por 80% de pessoas negras, precisou de 131 anos para um professor negro ocupar esse cargo”, disse.

“Precisou professor Edvaldo ir para a USP para ocupar esse lugar. É essa desigualdade socio-racial que eu luto para que tenha algum tipo de compensação porque uma sociedade menos desigual, menos estratificada significa menos violência, mais desenvolvimento”, argumentou o novo professor titular.

O presidente da Associação do Ministério Público da Bahia (AMPEB), Adriano Assis, que acompanhou a apresentação do memorial à banca julgadora, apontou que a conquista de Gordilho não é apenas individual.

“O colega Heron, que é um professor muito reconhecido na Bahia, no Brasil e no exterior, onde já participou de atividades acadêmicas em vários países, como Estados Unidos e França, traz uma conquista para a própria sociedade baiana, pois se trata do primeiro professor negro a alçar à condição de titular na Faculdade de Direito da Ufba”, afirmou.

Inspirada no pai, Mariana Gordilho estuda Direito e não escondeu o orgulho ao vê-lo alcançar mais essa conquista.

“É uma honra muito grande e foi muito merecido. Ele estuda continuamente e tenta combater através de ações, mais do que com discursos, problemas relacionados ao preconceito e a questões raciais. Espero que sirva de inspiração para outras pessoas, como serve para mim, vê-lo abordando a quebra de sistemas pré-concebidos”, acrescentou Mariana.

Os procuradores de Justiça do MP-BA Márcia Virgens e Marco Antônio Chaves também acompanharam a apresentação do memorial, assim como alunos e amigos do professor Heron Gordilho.

João Roma chama ACM Neto de covarde por causa de ausência em debate

Share Button

Por Bahia Notícias

Foto: Max Haack

O candidato a governador da Bahia, João Roma (PL), atacou o seu adversário e ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União), por conta da ausência no primeiro debate entre os opositores. Além disso, Roma demonstrou confiança para as eleições e afirmou que o voto “nunca foi tão fácil” de se escolher.

“O lamentável é que nós temos um candidato que esteve ausente mais uma vez, fugindo do debate, em uma demonstração de covardia na política. O pior é que ele é covarde com as pessoas, haja o que ele fez com seus aliados”, disparou Roma.

Em encontro com a imprensa, o candidato do PL esbanjou confiança e fez ataques ao partido de Jerônimo Rodrigues, o PT, e afirmou que o governo petista “envergonhou e decepcionou milhões de brasileiros”.

“Neste ano de 2022, talvez nunca tenha sido tão fácil escolher, se nós queremos ter orgulho de um Brasil que vem dando certo ou se nós queremos voltar para um passado que envergonhou e decepcionou milhões de brasileiros. Então o baiano vai precisar escolher o futuro da Bahia e do Brasil”, disse Roma.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia